Sábado, 29 de Março de 2014

Página Inicial>Mundo

Mais um avião da Embraer modelo E-190 sai da pista ao pousar

No dia seguinte ao acidente com um avião da companhia brasileira no noroeste da China (...) outro jato de mesmo modelo sai da pista de aeroporto no sul do país.

Publicada: 27/08/2010 - 17h54m|Versão para impressão|

  • Os destroços de um avião que caiu em Yichun, na última terça-feira.
  • Os destroços de um avião que caiu em Yichun, na última terça-feira.
    Foto: Reuters
No dia seguinte ao acidente com um avião da companhia brasileira no noroeste da China, que causou a morte de 42 pessoas, outro jato de mesmo modelo sai da pista de aeroporto no sul do país, sem deixar vítimas.

Um jato da Embraer E-190, mesmo modelo do avião que se acidentou na semana passada no nordeste da China causando 42 mortes, saiu da pista de aterrissagem do aeroporto da cidade de Nanning, no sul do país. Não houve feridos.

O incidente ocorreu na quarta-feira, mas as autoridades aeoportuárias chinesas somente divulgaram a informação na noite desta quinta-feira.

O avião, da companhia aérea Tianjin Airlines, voava de Xian (centro da China) a Haikou (sul) com escala em Nanning. Ao aterrissar nesta cidade, saiu da pista e percorreu parte de um campo de plantações. O aeroporto de Nanning foi fechado e o tráfego aéreo interrompido por uma hora.

As causas do incidente ainda não são conhecidas, mas, segundo informações da agência China Nova, a pista teria sido inundada por chuvas fortes. Há uma semana a tempestade tropical "Mindulle" atinge a região.

Na noite de 24 de agosto, outra aeronave Embraer E-190 também teve problemas durante a aterrissagem, no aeroporto da cidade de Yichun, a cerca de 150 quilômetros da fronteira com a Rússia. O avião saiu da pista e teve uma pequena explosão na cabine, provocando um incêndio no aparelho, o que causou a morte de 42 pessoas. Outras 54 ficaram feridas, algumas delas ainda em estado grave. Investigações ainda não determinaram se o acidente foi causado por falha técnica ou humana.

A companhia brasileira informou que esta foi a primeira vez que ocorreu um acidente fatal com um avião da Embraer.

No total, 30 jatos E-190 operam voos regionais na China. A companhia é a terceira fabricante mundial de aviões comerciais, depois da americana Boeing e da europeia Airbus, e possui uma fábrica na cidade nordeste chinesa de Harbin.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook