Sábado, 29 de Março de 2014

Página Inicial>Mundo

Gorbachov: "No referendo o povo da Criméia corrigiu o erro da era soviética"

"Para impor as sanções as razões devem ser muito graves. E devem ser apoiadas pela ONU ", disse Gorbachov

Publicada: 18/03/2014 - 00h24m|Fonte: RT|Versão para impressão|

  • Para Mikhail Gorbachov, a iniciativa de aplicar sanções à Russia são prova de incompetência
  • Para Mikhail Gorbachov, a iniciativa de aplicar sanções à Russia são prova de incompetência
    Foto: RIA Novosti Alexánder Wilf
O último líder da União Soviética(URSS) e Prêmio Nobel da Paz Mikhail Gorbachov acredita que as ameaças ocidentais para impor sanções contra a Rússia por causa do resultado do referendo na Criméia "são incompetentes", informa a agência Interfax.

"Para impor as sanções as razões devem ser muito graves. E devem ser apoiadas pela ONU ", disse Gorbachov segunda-feira em uma entrevista coletiva. "a vontade do povo da Criméia e sua possível adesão à Federação Russa como uma de suas regiões não é uma dessas razões ", afirmou ele.

Gorbachov apoia o referendo que, em sua opinião, "terminou com um sucesso que atendeu às expectativas da Criméia." "Se anteriormente a Criméia foi anexada à Ucrânia sob as leis soviéticas, ou seja, as leis do jogo, sem perguntar ao povo, agora as pessoas se decidiram para corrigir esse erro. Isto deve ser apoiado em vez de punido ", disse Gorbachov.

Vale a pena mencionar que o presidente dos EUA, Barack Obama na segunda-feira anunciou sanções contra as autoridades russas após os resultados do referendo de domingo passado na Criméia.

Da mesma forma, a UE concordou este 17 de março impor sanções contra 21 funcionários da Ucrânia e da Rússia, incluindo a proibição de viajar e do congelamento de bens.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook