Sábado, 29 de Março de 2014

Página Inicial>Brasil

“Falta até papel higiênico para os servidores da Prefeitura de Curitiba”, denuncia líder sindical

“O choque de gestão de Fruet é copiada do Beto Richa. É tudo perfeito na propaganda.

Publicada: 20/03/2014 - 22h19m|Fonte: Esmael Morais - Blog do Esmael|Versão para impressão|

  • O presidente da UGT, Paulo Rossi, denunciou hoje que “falta até papel higiênico” nos banheiros para
  • O presidente da UGT, Paulo Rossi, denunciou hoje que “falta até papel higiênico” nos banheiros para
O presidente da UGT, Paulo Rossi, denunciou hoje que “falta até papel higiênico” nos banheiros para os servidores da Prefeitura de Curitiba; segundo Luiz Vecchi, presidente do Sindicato da Guarda Municipal de Curitiba (Sigmuc), o prefeito Gustavo Fruet copia o “choque de gestão” do governador Beto Richa; “O choque de gestão de Fruet é copiada do Beto Richa. É tudo perfeito na propaganda.

No entanto, falta o papel higiênico nos banheiros”, reforçou, ao citar a propaganda de página inteira sobre a Guarda Municipal, que realiza paralisação nesta quinta; educadores dos CMEis continuam em greve, apesar da decisão judicial que considera ilegal o movimento; petistas informam que não vão “afrouxar o sutiã” para o aliado pedetista, haja vista que a vice-prefeita Mirian Gonçalves é do PT; Richa e Dilma também enfrentam greve; servidores da saúde do Paraná continuam de braços cruzados e professores ameaçam parar por tempo indeterminado a partir de 29 de março; e, por fim, a Polícia Federal deflagra campanha hoje.

O blog teve informações sobre como será o comportamento do PT nas greves e movimentos de pressão contra a administração Gustavo Fruet (PDT). O Partido dos Trabalhadores tem forte influência nos sindicatos que reivindicam melhorias salariais e valorização profissional, mas não pretende “afrouxar o sutiã” para o aliado de quem tem a vice Mirian Gonçalves.
Nesta quinta 20, prossegue a greve dos 4 mil educadores da capital. Eles vão manter a paralisação hoje mesmo com a decisão da Justiça, que ontem considerou o movimento ilegal a pedido do prefeito. A ‘judicialização’ repercutiu mal entre os trabalhadores e o PT.

É verdade que a onda de greves deixou Curitiba e o Paraná, mais vermelhos. Mas não há somente más notícias no front classista. Os 2,5 mil funcionários da limpeza pública aceitaram voltar ao trabalho nesta manhã. Eles entraram em acordo com a Prefeitura com a mediação do Tribunal Regional do Trabalho.

Se os garis voltaram à lida, agora são os guardas municipais iniciam o movimento paredista hoje. Os agentes cobram desde papel higiênico nos módulos a um Plano de carreira da Categoria.
Não é só Fruet que enfrenta greves. O governador Beto Richa (PSDB) e a presidenta Dilma Rousseff (PT) também estão encrencados.

Seis mil servidores da saúde estão paralisados desde a terça-feira 18. A categoria é composta dez mil funcionários distribuídos em todo o estado.

Fernando Vicentine, presidente Sindicato dos Servidores do Departamento de Polícia Federal (SSDPF), informa que os agentes federais vão cruzar os braços nesta quinta. Eles querem reestruturação da carreira dentro da PF, reconhecimento de suas atribuições legais e recomposição salarial.
No próximo 29 de março, segundo informações do deputado Professor Lemos (PT), os educadores paranaenses deverão aprovar em assembleia greve por tempo indeterminado. Em discurso ontem à tarde, o parlamentar praticamente decretou o fim da “política do cafezinho” que a diretoria da APP-Sindicato vinha apostado nos últimos 3 anos.

“O choque de gestão de Fruet foi copiado do Beto Richa. É tudo perfeito na propaganda. No entanto, falta o papel higiênico nos banheiros”, critica Luiz Vecchi, presidente do Sindicato da Guarda Municipal de Curitiba (Sigmuc).

Paulo Rossi, presidente da União Geral dos Trabalhadores (UGT), central que abriga os sindicatos dos garis, policiais federais e guardas municipais, também denuncia a falta do material de higiene. “É tudo muito bonito na propaganda, mas falta até papel higiênico nos banheiros para os servidores da Prefeitura de Curitiba”, completou.

Comentários dos leitores

Confira abaixo os comentários realizados pelos nossos leitores.

 
Siha nos no Twitter

Recomendações Facebook