Press "Enter" to skip to content

Huawei lança o HarmonyOS 2.0, o sistema operacional que porá fim à sua dependência do Google

O primeiro smartphone sem Android estará à venda em 2021.

Imagem ilustrativa - Huawei
Imagem ilustrativa – Huawei

A empresa chinesa Huawei lançou publicamente o HarmonyOS 2.0, a segunda versão de seu sistema operacional desenvolvido para se sobrepor as sanções dos EUA e que pretende utilizar em resposta ao veto do Google ao uso do Android.

Durante a Conferência anual Huawei Developer Conference, cuja edição de 2020 está sendo realizada virtualmente de 10 a 12 de setembro, o gigante da tecnologia anunciou que planeja incorporar o novo sistema operacional em seus telefones durante 2021.

O fabricante asiático publicará neste dia a versão beta do kit de desenvolvimento de software (SDK) para relógios e smartphones HarmonyOS.

A mesma ferramenta estará disponível para telefones celulares a partir do próximo mês de dezembro, permitindo que desenvolvedores externos comecem a experimentar e criar aplicações para o novo sistema operacional.

O diretor executivo da divisão Consumidor da Huawei, Richard Yu, confirmou os planos da empresa para o próximo ano de lançar um telefone baseado inteiramente no ecossistema móvel HarmonyOS, diz o portal Hypertextual.

Este será um marco para o fabricante chinês em termos de independência em relação à tecnologia e políticas estrangeiras.

Tradução e adaptação de conteúdo por Guia Global.
Conteúdo originalmente publicado em RT