Press "Enter" to skip to content

The Wall Street Journal: empresa contratada pelo governo dos EUA instalou software de rastreamento em 500 aplicativos

A empresa paga aos desenvolvedores de dispositivos móveis para incluir seu código de rastreamento interno em suas aplicações. A empresa paga aos desenvolvedores de dispositivos móveis para incluir seu código de rastreamento interno em suas aplicações.

Imagem ilustrativa - Pexels / fauxels
Imagem ilustrativa – Pexels / fauxels

Uma pequena empresa americana com vínculos com as comunidades de inteligência e defesa dos EUA integrou seu software em centenas de aplicativos móveis, permitindo acompanhar os movimentos de centenas de milhões de celulares no mundo todo, relata o The Wall Street Journal.

A empresa é Anomaly Six LLC, uma empresa sediada na Virgínia, fundada por dois veteranos militares dos EUA. A empresa, contratada pelo governo dos EUA, paga aos desenvolvedores de dispositivos móveis para incluir seu código de rastreamento interno em seus aplicativos. Os rastreadores então coletam dados anônimos dos telefones e a Anomaly Six agrega esses dados e os vende.

O relatório do The Wall Street Journal deixa claro que o ‘software’ de rastreamento do Anomaly Six aparece em mais de 500 aplicativos móveis. E embora a própria Anomaly Six tenha revelado esses dados em um documento interno, ela não relatou as aplicações com as quais tem associações. O jornal também não conseguiu obter esta informação de outras fontes.

Dados anônimos?

Os desenvolvedores geralmente permitem que terceiros integrem seu ‘software’ de rastreamento, permitindo-lhes coletar certos dados sobre os usuários em suas aplicações, e os usuários nem se dão conta disso.

Deve-se notar que os dados obtidos desta forma são anônimos: cada smartphone é indicado apenas com um identificador alfanumérico, sem estar ligado a um utilizador específico. No entanto, de acordo com os especialistas, rastrear o movimento de um smartphone pode ajudar a descobrir onde vive o seu proprietário. Uma vez obtida essa informação, não é difícil começar a obter outros dados dos utilizadores, tais como onde trabalham, para onde viajam, onde comem fora, etc.

Vínculos com a inteligência

Anomaly Six trabalha com empresas privadas, mas também é uma empreiteira federal e tem relações de trabalho com vários órgãos do governo dos EUA. Quando perguntada pelo jornal, a empresa disse que só vende dados de localização de usuários americanos a clientes privados e não governamentais, e não pôde revelar com quais instituições coopera e quais são seus contratos com as autoridades americanas.

Não é raro as empresas venderem dados de localização para agências governamentais ou seus contratantes, disse o jornal, mas é incomum para uma empresa com laços estreitos com agências de inteligência coletar tais dados diretamente.

Tradução e adaptação de conteúdo originalmente em RT