Press "Enter" to skip to content

Super doador’: Médico se recupera da covid-19 com nível recorde de anticorpos no sangue

Com quase 40 vezes mais anticorpos que a média das pessoas que se recuperaram, o cardiologista Alessandro Giardini é um potencial “superdoador” de plasma para pacientes com a doença.

NHS Blood and Transplant
NHS Blood and Transplant

O Serviço Nacional de Saúde do Reino Unido identificou entre seus funcionários um potencial “super doador” de plasma para pacientes com coronavírus.

Alessandro Giardini, 46 anos, cardiologista de um hospital infantil em Londres, passou sete dias em terapia intensiva em ventilação assistida após adoecer com covid-19.

O próprio médico descreveu o tempo que passou no hospital como uma “experiência muito difícil”, pois não sabia se voltaria a ver sua esposa e dois filhos, de acordo com o The Telegraph. Mas depois de se recuperar, ele sentiu que podia “dar algo em troca” doando seu plasma para ajudar outras pessoas que estavam doentes.

Uma análise realizada em mais de 400 pacientes recuperados revelou que Giardini tem em seu plasma o maior nível de anticorpos jamais visto , aproximadamente 40 vezes a média de uma pessoa recuperada.

O professor David Roberts, representante do Programa de Saúde de Doações do Reino Unido, explicou que as pessoas que adoecem mais gravemente produzem mais anticorpos. Além disso, a experiência mostra que homens e pessoas mais velhas tendem a ser mais afetados pelo coronavírus, aumentando as chances de que eles ajudem outros através de transfusões de plasma.

Tradução e adaptação de conteúdo originalmente publicado em RT