Press "Enter" to skip to content

Bilionários americanos aumentam a riqueza em 434 bilhões de dólares durante a Pandemia

A fortuna combinada dos cinco mais ricos cresceu em 75,5 bilhões.

Jeff Bezos (izquierda), Bill Gates (centro) e Mark Zuckerberg (derecha).Carlose Sellars / Toru Hanai / Charles Platiau

Em meio ao confinamento social e ao desemprego desenfreado causado pela pandemia da covida-19, os bilionários norte-americanos viram sua riqueza crescer 15%, ou 434 bilhões de dólares, desde 18 de março, quando a economia nacional parou, segundo um relatório do Instituto de Estudos Políticos (IPS).

O número de bilionários no país aumentou de 614 para 630 nos últimos dois meses.

Os cinco americanos mais ricos – Jeff Bezos, Bill Gates, Mark Zuckerberg, Warren Buffett e Larry Elison – encheram seus bolsos em 75,5 bilhões de dólares, ou 19 por cento.

Juntos, eles são responsáveis por 21% do crescimento de todos os bilionários americanos.

No mesmo período, o número de desempregados nos EUA atingiu 38,6 milhões, segundo dados do Bureau of Labor Statistics.

Tradução e adaptação de conteúdo originalmente publicado em RT