Press "Enter" to skip to content

Pelo menos cinco surfistas experientes morrem na Holanda no meio de uma tempestade

As vítimas incluem instrutores e salva-vidas de uma escola de surf local.

Uma praia em Scheveningen em Haia, Holanda. 13 maio 2020. Sem VAN DER WAL / ANP / AFP

Pelo menos cinco surfistas experientes morreram ao largo da costa da cidade de Haia, na Holanda, em uma severa tempestade, disseram as autoridades na terça-feira, informou a mídia local.

A tragédia ocorreu na segunda-feira à noite em uma praia do distrito de Scheveningen, quando um grupo de surfistas de 22 a 38 anos foi pego por ventos e ondas fortes enquanto surfava na água.

A Guarda Costeira Holandesa chegou ao local para procurar as pessoas desaparecidas, mas encontrou uma espessa camada de espuma marinha que dificultou os esforços de resgate. O corpo sem vida de um dos surfistas foi recuperado naquela noite, enquanto três deles não foram encontrados até a manhã de terça-feira. Uma pessoa ainda está desaparecida e não está claro se poderia haver mais.

Os socorristas também conseguiram recuperar as pranchas de surf das vítimas, cuja nacionalidade não foi revelada. Pelo que se sabe, 10 surfistas estavam na água no momento do incidente, relata o The Guardian.

Da prefeito de Haia, Pat Smith, disse que conhecia bem dois dos falecidos, que ele descreveu como nadadores experientes. “Como eu, eles foram salva-vidas treinados internacionalmente. Eles trabalharam na Austrália e receberam forte treinamento de uma associação internacional de esportes aquáticos. Ontem eles estavam treinando na água e se perderam na espuma”, disse ele.

Um grupo de pessoas se reuniu na noite de terça-feira em uma escola de surf local para homenagear as vítimas, algumas das quais, segundo consta, eram instrutores e salva-vidas da mesma instituição.

Tradução e adaptação de conteúdo originalmente publicada em: RT